Páginas

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

[ a que serve ]

quem pensou que tudo acabaria num cometa
num vulcão
num raio que o parta
errou

errou porque ainda tem mais pra acontecer
errou porque taí,
vivinho,
com este corpo transitando existência

a língua minha
- que era pra ser pátria -
falhou
| é, as coisas ainda falham - que bom!|
fez linguadas palavras
que eu não me doo em linguagem

linguagem esta
que é
troca
é roçar língua-com-língua bem mais que criar semânticas
é montante vocábulos soltos
construção de léxico mesmo
- isso tudo que se faz no cerca -
e não no estudo episteme que criam oratórias
retóricas
comportamento falante
que nada entende do que compõe oralidade

linguagem mesmo é ver Inês vasculhando boca sem dente que conta do tanto vivido
é ver Vicencia apertar as trancinhas a dizer de tempo menina
é ver seu Dito explicando cadeira-plástico-calçada como era quarteirão que hoje só passa carro

pra tanto conjugar certinho
que bobagem!
palavra é pra comer
digerir
enfiar no cu
que aí brota a que serve
co mu ni ca
as ideias

per ma ne ce





Nenhum comentário:

Postar um comentário